publicidade

Edemilson disputa seletiva para Seleção Brasileira


Atleta também participará da classificatória do Campeonato Nacional


Escrito em 22/03/2017


O carateca da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Rio do Sul, Edemilson Gutz dos Santos, inicia nesta sexta-feira (24) a participação em duas das competições mais importantes da temporada. A primeira disputa é a seletiva para a Seleção Brasileira de Karatê e a segunda é a etapa classificatória do Campeonato Brasileiro da modalidade. Ambas competições serão disputadas em Caruaru, Vale do Itapojuca em Pernambuco.

Edemilson disputa pelo quinto ano seguido a vaga na Seleção Brasileira da categoria Kumitê -60kg. Nas últimas três temporadas ele venceu as disputas e integrou a equipe. Garante a vaga o atleta que conquistar mais pontos em suas lutas, ou seja, eliminar os adversários.

Treinando 13 vezes por semana, Edemilson destacou sua preparação para as disputas, citando que tem trabalhado muito a questão física e psicológica. Ele acredita que nesta temporada as disputas serão mais difíceis, destacando que agora o caratê se tornou um esporte olímpico. "Vai ficar mais disputada  essa seletiva. Conheço a maioria dos atletas que vão competir, precisamos estar com a cabeça bem fria, porque um resultado não justifica o outro, eu ter vencido as outras seletivas não significa que eu vou vencer essa", disse.

Após participar da seletiva, no domingo (26), Edemilson volta a competir, desta vez na etapa classificatória do Campeonato Brasileiro de Karatê. Os três melhores atletas de cada categoria avançam para a fase final da competição, que será disputada pelos melhores classificados de todo Brasil em data e local ainda a serem definidos pela confederação brasileira da modalidade. "Estou muito confiante em ter bons resultados já que são duas competições que norteiam a temporada. Espero conseguir bons resultados".

O superintendente da FMD, Jeberton Fermino, ressaltou a participação do carateca, lembrando que essas competições já são uma prévia das disputas internacionais. "Sabemos da capacidade do Edemilson e o que ele pode render no circuito nacional e internacional da modalidade. Desejamos sorte ao nosso atleta", comentou.

Fonte: Arthur Hoffmann/Assessoria de Imprensa da FMD

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade