publicidade

Rio do Sul empata e está na final da Especial


Equipe voltará a disputar o título do Campeonato Catarinense após 19 anos


Escrito em 16/12/2013


Depois de 1994, quando a Nerede conquistou o Estadual da Divisão Especial, a cidade de Rio do Sul voltará agora a ter uma equipe na decisão do Campeonato Catarinense. Na noite desta segunda-feira (16), os rio-sulenses conseguiram diante da CSM/Pré-fabricar/Mannes/FME um histórico empate em 3 a 3, com gol nos últimos segundos, e garantiram a classificação para a decisão do torneio.

Na ida o time do Alto Vale havia ganhado por 4 a 2. Salsicha, Rafa Vignoli e Willian Constante marcaram os gols de Rio do Sul na Arena Jaraguá. Léo, PC e Dian fizeram para os mandantes. Na decisão os rio-sulenses enfrentarão a Krona que passou pela AD Hering na prorrogação. O primeiro duelo será em Joinville nesta quarta-feira (18) e o confronto de volta em Rio do Sul na sexta-feira (20). As datas ainda precisam ser oficializadas pela Federação.

O jogo:

O primeiro tempo da partida foi quente com muitas faltas e cartões amarelos, principalmente para os donos da casa. Em contrapartida, apesar de não ter um número elevado de cartões, os rio-sulenses também fizeram muitas faltas. E foi num tiro livre que Rio do Sul abriu o placar com Salsicha, aos 11min. Em seguida, os donos da casa empataram com Leó.

O jogo seguiu quente e os visitantes tiveram mais uma chance de ampliar em outro tiro livre com Salsicha, mas o goleiro Djonny defendeu a cobrança. E depois foi a vez de Jaraguá ter chance em tiro livre e PC não desperdiçou para virar o marcador. Porém após escanteio, antes do apito final da etapa aos 18min, Fabão ajeitou para Rafa que estufou a rede de goleiro do adversário.

O segundo tempo começou mais tranquilo, pelo menos no número de faltas. Precisando do resultado positivo, a equipe de Jaraguá do Sul partiu para o ataque e antes dos 10min acertou a trave do goleiro Marcão duas vezes. Em seguida, o ala Bichinho quase fez o terceiro ao aproveitar saída errada de Djonny, mas ao arqueiro se recuperou para evitar o gol rio-sulense.

E de tanto insistir, a equipe de Jaraguá conseguiu colocar a bola na rede com Dian, aos 15min. Em seguida, precisando do empate para tentar evitar a prorrogação, o goleiro rio-sulense Marcão começou a atuar como goleiro linha no time de Rio do Sul. Na pressão e depois com Rafa como goleiro linha, o time do Alto Vale foi premiado. Bichinho puxou rápido contra ataque e Willian Constante colocou na rede aos 19:43. No final, a CSM ainda tentou o gol, mas os visitantes é que comemoram a classificação.

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade