publicidade

Milena e Schneider na briga pelo ouro nos Jogos Abertos


Timbó sedia neste final de semana as modalidades de atletismo e bolão 16


Escrito em 10/11/2023


O atletismo de Rio do Sul deve brigar por duas medalhas de ouro na 62ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina. A competição começa nesta sexta-feira (10) a partir das 8h e vai até domingo, no Complexo Esportivo de Timbó. Outra modalidade que acontece neste final de semana é o bolão 16 masculino, nas canchas do Clube Ginástico Guairacás. No naipe feminino o primeiro troféu em disputa ficou com Itajaí, com Florianópolis em segundo e Blumenau em terceiro.

A arremessadora de peso, Milena Jaqueline Sens, briga pela quarta medalha de ouro consecutiva. Ela é a atual recordista de prova com 16.05 metros. “O meu pessoal, no entanto, é bem maior 16,75m”. Na edição passada Milena ficou a 8cm. Sobre chances de repetir a conquista e bater outro recorde ela foi enfática: 100%.

Outro candidato a medalha é Luís Henrique Schneider, embora tenha ficado durante mais de 20 dias sem local para treinar em razão das enchentes. Foram 12 anos como recordista dos Jasc na prova do lançamento de disco. Em 2022 Schneider acabou deixando escapar a medalha de ouro em casa. O campeão da prova foi o paulista Wellington Moraes, de Itajaí. “Agora não apenas pela questão de falta de local para lançar, a preparação não foi a ideal em razão de problemas particulares”.

Campeão dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), Vinícius Darolt Avancini, 20 anos, vai disputar os Jasc pela segunda vez. Embora tenha ficado a 2cm do recorde de Darlan Romani, na prova do arremesso de peso, a marca foi alcançada nos Joguinhos Abertos de 2022. Avancini aponta Darlan como o campeão. “Vamos brigar pela medalha de bronze”.

- SIGA NOSSO CANAL NO WHATSAPP (nova ferramenta do aplicativo);

- FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOTÍCIAS DO JASC

Fonte: Texto e fotos: Orlando Pereira/FMD/Especial

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade