publicidade

Está aberta oficialmente a 53ª edição dos JASC


A chama foi conduzida pelo jogador de basquete de Blumenau, Ricardo Probst, até as mãos da ginasta Ana Caroline de Lima, que acendeu a pira olímpica


Escrito em 21/11/2013


A emoção e a euforia de mais de três mil pessoas marcou a cerimônia de abertura dos 53º Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), nesta quarta-feira, 20 de novembro, no Complexo Esportivo do Sesi, em Blumenau. O evento começou com a apresentação de atletas que representaram as 81 delegações que disputarão as 26 modalidades e buscarão os 47 troféus a partir desta quinta-feira.

Entre as atrações, grupos folclóricos alemães e rainha e princesas da Oktoberfest deram boas vindas ao público. Quem estava nas arquibancadas pôde acompanhar detalhes das apresentações num telão que foi uma atração à parte: gigantesco, com nove metros de altura por 60 metros de largura, é o maior já utilizado no Sul do Brasil.

“Tenho certeza de que essa edição dos Jasc, aqui em Blumenau, será um sucesso. É uma grande oportunidade para que Santa Catarina mostre os grandes talentos esportivos que tem”, afirmou o Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Valdir Walendowsky. O presidente da Fesporte, Erivaldo Nunes Caetano Jr, também destacou a importância dos Jogos Abertos: “Investir no esporte é vocação de Santa Catarina, dever do Estado e a certeza de novas gerações vitoriosas”, afirmou.

O prefeito da cidade anfitriã, Napoleão Bernardes, aproveitou a ocasião para dar as boas vindas aos participantes. “Tragam aos Jasc o que o esporte tem de melhor: os valores, as virtudes e o bem”, destacou. Coube ao governador Raimundo Colombo, em um discurso breve e emocionado, declarar abertos os 53º Jasc. E ele o fez com a empolgação de quem já viveu estas emoções bem de perto: o governador foi goleiro do futsal de Lages nos anos 70.

Fogo Olímpico

Uma das novidades deste ano foi a forma como o fogo olímpico foi aceso: duas tochas passaram pelas arquibancadas, de mão em mão, para que diversas pessoas e atletas pudessem participar do momento. Depois, a chama foi conduzida pelo jogador do time de basquete de Blumenau, Ricardo Probst, até as mãos da pequena ginasta Ana Caroline de Lima, de 12 anos, que acendeu a pira olímpica. O juramento dos Jasc foi feito pelo remador Roque Zimmermann, também de Blumenau.

Concluída a emocionante cerimônia, que Blumenau havia prometido, agora é hora das estrelas do espetáculo entrarem em cena. A partir desta quinta-feira, começam as competições, com destaque para a ginástica rítmica, que definirá os primeiras medalhas, e também o handebol e o futebol feminino.

Blumenau como sede

A cidade foi definida como sede em março de 2013. Para receber os Jasc, Blumenau contou com recursos de R$ 1,5 milhão do Governo Estadual. As medalhas e troféus, que serão entregues aos campeões, são inspirados na fachada da Prefeitura de Blumenau, um dos símbolos do município.É a quinta vez que Blumenau sedia a maior competição poliesportiva do Sul do País (1962/79/90 e 2003).



Com informações de Raquel Santi/Ascom - Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade