publicidade

Molico vence Campinas e encara Sesi na final


Decisão da Copa Brasil é neste sábado, às 10h, com transmissão do Sportv


Escrito em 17/01/2014


De Maringá, Paraná, Clarissa Laurence/CBV

Sesi-SP e Molico/Nestlé (SP) se enfrentarão na disputa pelo título da Copa Brasil feminina de vôlei 2014. Os times paulistas venceram nas semifinais, nesta sexta-feira (17), e estarão na disputa pelo título, neste sábado (18), às 10h, no ginásio Chico Neto, em Maringá (PR). A decisão terá transmissão ao vivo da TV Globo.

Com o resultado, as duas equipes finalistas já estão garantidas no Campeonato Sul-Americano de Clubes. O campeão da Copa Brasil estaria classificado, mas, como o Molico/Nestlé será sede da competição, o segundo colocado também terá a vaga assegurada.

Nesta sexta, Sesi-SP venceu a Unilever (RJ) por 3 sets a 1 na primeira partida do dia e, na sequência, o Molico/Nestlé levou a melhor sobre o Vôlei Amil (SP) pelo mesmo placar, com parciais de 21/19, 16/21, 21/16 e 21/17.

Após a partida, a capitã Sheilla elogiou o desempenho da equipe. “Estamos muito felizes. Estamos em primeiro e elas em segundo na Superliga e sabíamos que hoje seria um jogo muito difícil. Essa poderia ser uma final, inclusive. E o nosso time está de parabéns por não ter perdido a cabeça mesmo depois de ter pedido um set”, comentou Sheilla. A oposto comemora, mas já direciona o foco para a grande decisão. “Nosso ponto forte é saque, bloqueio e defesa e temos que contar com isso amanhã para fazer esse jogo que é muito importante para a nossa equipe. Vamos em busca da vitória e do título”, garantiu Sheilla.

Pelo lado do Vôlei Amil, Tandara lamentou o desempenho abaixo do esperado. “Pecamos em alguns pontos durante o jogo. Poderíamos ter sido mais agressivas no saque, a defesa também poderia estar melhor. A consequência disso é que a vitória não veio, mas nosso time está crescendo na temporada e já teremos o São Caetano pela frente, na terça-feira, pela Superliga”, disse Tandara.


Sesi, de Fabiana (esq) e Deise, passou pela Unilever

O JOGO

Thaisa abriu o placar do jogo para o Molico/Nestlé e Kristin devolveu para o Vôlei Amil. O time de Campinas chegou a abrir 4/1, mas o grupo de Osasco empatou em quatro pontos. A equipe comandada por José Roberto Guimarães voltou a abrir e, no bloqueio da levantadora Claudinha, fez 8/5. Mais uma vez o Molico/Nestlé buscou e empatou também no bloqueio: 8/8. A parcial seguiu bem disputada (12/12) e (17/17). No bloqueio, o time de Osasco fechou em 21/19.

Após vencer o primeiro set, o Molico/Nestlé voltou melhor também para o segundo e fez 4/2. O Vôlei Amil não permitiu que o adversário escapasse no marcador e, com bom momento da ponteira Kristin, passou a frente em 9/8 e seguiu no comando do marcador (12/8). Com a central Carol Gattaz, o time de Campinas chegou a 16/11 e Luizomar pediu tempo. Mas o Vôlei Amil seguiu melhor e venceu o set por 21/16.

A terceira parcial começou equilibrada, com pequena vantagem para o Molico/Nestlé (7/5). Em boa passagem da levantadora Fabíola pelo saque, o time de Osasco abriu boa diferença no placar: 12/6. O Vôlei Amil diminuiu um pouco a diferença (17/13), mas o time dirigido por Luizomar de Moura manteve o bom ritmo e fechou em 21/16.

O ritmo foi o mesmo no início da quarta parcial, quando o Molico/Nestlé fez 6/2 e forçou o técnico do Vôlei Amil, José Roberto Guimarães, a pedir tempo. Mas o time de Osasco não deu chances ao adversário e manteve uma boa distância no marcador: 13/6. O Vôlei Amil contou com bons saques de Kristin e diminuiu a diferença para 17/15. No ace de Tandara, o Amil manteve os dois pontos de desvantagem (19/17). Mas, no final, vitória do Molico por 21/17.

EQUIPES

MOLICO/NESTLÉ – Fabíola, Sheilla, Thaisa, Adenízia, Sanja e Bosetti. Líbero – Camila Brait
Entraram – Gabi, Ana Maria, Ingrid
Técnico: Luizomar de Moura

VÔLEI AMIL – Claudinha, Tandara, Walewska, Carol Gattaz, Kristin e Natália. Líbero – Michelle
Entraram – Pri Heldes, Rosamaria, Stephany, Angélica
Técnico: José Roberto Guimarães

Veja as fotos:

Osasco (b) derrotou o Amil (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade