publicidade

Em jogo equilibrado, Sesi-SP vence Rio do Sul


Equipe do Alto Vale tem bons momentos em quadra, mas não consegue roubar sets


Escrito em 22/01/2014


Apesar da derrota por 3 sets a 0 em São Paulo contra o time do SESI-SP, Rio do Sul/Equibrasil fica com a sensação de que por muito pouco, poderia ter incomodado um pouco mais as adversárias na partida disputada na noite desta terça-feira pela terceira rodada da Superliga Feminina. Com parciais de 21/18, 21/18 e 21/16, as catarinenses não se abateram diante do vice-campeão da Copa Brasil e tiveram bons momentos em quadra no ginásio da Vila Leopoldina.

Só que o time paulista, puxado pela experiência da central Fabiana, considerada a melhor do jogo e dona do troféu Viva Vôlei pelos 11 pontos de ataque anotados, teve frieza para garantir os três pontos na classificação do campeonato nacional. Dani Lins trabalhou várias jogadas também com Ivna e Bia, oferecendo ainda mais condições para a vitória paulista.

Mesmo vencendo o jogo sem perder sets, a partida foi de muito equilíbrio para as duas equipes. Ambas tiveram bons momentos a frente do placar, mas Rio do Sul não soube aproveitar a larga vantagem que havia aberto principalmente no 2º set para tentar arrancar ao menos uma reação na partida. Sem marcar pontos, o time catarinense permanece com oito pontos na competição nacional.

- Classificação Parcial da Superliga 13/14;
- Tabela e resultados da fase classificatória;


Em novo jogo em que o destaque catarinense foi a gaúcha Nati, com 13 pontos, Rio do Sul/Equibrasil lutou pelo resultado a todo instante. Para o treinador Rogério Portela, por pequenos detalhes, o time não conseguiu pontuar mais e vencer um set. “Do outro lado tínhamos adversárias muito fortes, mas a gente tinha condições de ter feito algumas jogadas mais precisas para tentar ganhar o primeiro ou o segundo set. Só que se a gente não aproveita as oportunidades em sua totalidade, o adversário leva”.



Entretanto, o treinador ficou satisfeito com o rendimento do time. “Cumprimos nosso plano de jogo e aquilo que treinamos nos últimos dias. É continuar batalhando muito para avançar na competição”, salientou. Para a jogadora Fabiana, melhor da partida, o time pecou em alguns momentos, o que deixou Rio do Sul ganhar moral ao longo do jogo. Ela dedicou o prêmio a todo o time e alegou um pouco de cansaço pela sequência de jogos que o time teve, principalmente com treinamentos e a Copa Brasil na semana passada, quando time foi vice-campeão.

Rio do Sul permanecerá em São Paulo para na quinta-feira, viajar para Campinas, onde disputa jogo pela terceira rodada do returno da Superliga contra o Vôlei Amil. Na partida do turno em Santa Catarina, vitória do time do Amil por 3 sets a 0.

Rio do Sul manteve o foco do início ao fim

O primeiro set começou com Rio do Sul mantendo uma postura de igual para igual contra a equipe paulista até o décimo ponto, quando o Sesi avançou no placar abrindo cinco pontos. Só que Rio do Sul aproveitou o momento com ataques de Vanessa e Ciça e empatou o placar em 17 a 17. Só que a consistência no bloqueio facilitou a vida das meninas do Sesi que fecharam a parcial.



Mais ligado no início do 2º set, o time catarinense abriu 6 pontos de vantagem e forçou o técnico Talmo de Oliveira a parar o jogo para tentar alguns ajustes. A chamada de atenção começou a dar certo com o time paulista melhorando aos poucos, principalmente nas mãos da central Fabiana. O Sesi conseguiu a virada e abriu pontos importantes para manter a margem e também levar o 2º set.

Mesmo precisando buscar o resultado, Rio do Sul/Equibrasil teve dificuldade de segurar o forte ataque do Sesi no terceiro set. Fabiana novamente mostrou por que é uma das principais jogadoras do voleibol nacional e desencantou. Bia e Dayse também foram ao ataque com boa eficiência, aumentando a vantagem do time paulista. Sempre valente nos ataques, Natiele de Rio do Sul fazia o possível para aproximar o placar. A parceria com as levantadoras Jordane e Michelle deram resultado, mas não o suficiente para segurar o time vice-campeão da Copa Brasil que garantiu a vitória em casa para festa da torcida.



Com informações de Clóvis Cuco/Imprensa Vôlei Rio do Sul

Veja as fotos:

Crédito: Eugênio Vieira/Melhor do Vôlei

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade