publicidade

Udesc promove 3ª Passeio Ciclístico em Ibirama


Atividade será no sábado (5) com percurso de 14km


Escrito em 01/04/2014


O Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Ibirama, realizará o 3º Passeio Ciclístico neste sábado, 5, das 9h às 11h. O evento é aberto para a comunidade universitária e em geral, a partir dos 12 anos – menores de idade deverão estar acompanhados por um responsável.

As inscrições gratuitas podem ser feitas até às 19h de quinta-feira (3) com a Direção de Extensão da Udesc Ibirama, a associação atlética do centro ou a Comissão Municipal de Esportes. Os participantes precisarão assinar um termo de responsabilidade e receberão uma placa de identificação para ser colocada no guidão da bicicleta. Se houver previsão de chuva para sábado, os inscritos serão comunicados na sexta-feira (4) sobre o cancelamento do passeio.

Além da prefeitura e dos centros acadêmicos, a organização do evento tem parcerias com os Bombeiros Voluntários de Ibirama e com a Polícia Militar. Mais informações podem ser obtidas com a Direção de Extensão da Udesc Ibirama pelo telefone (47) 3357-3077, das 9h às 12h e das 13h às 21h, e pelo e-mail extensao.ceavi@udesc.br.

Roteiro

A saída do passeio será na Praça José Deeke, em direção à Rua Dr. Getúlio Vargas, e haverá uma parada 15 minutos depois. Na sequência, os ciclistas pedalarão pelas ruas Guarani, Marechal Rondon e Marquês do Herval.

Outra parada está marcada para as 10h, na Praça da Igreja Santo Humberto, onde haverá uma roda de conversa e a distribuição da cartilha "Direitos e deveres dos ciclistas".

Às 10h30, o grupo passará pela Rua 25 de Julho, pela Ponte Pênsil e pela Rua Blumenau para retornar para a Praça José Deeke. Após a chegada, serão entregues prêmios para o ciclista mais velho e para as melhores fotos que forem tiradas durante o trajeto.

Objetivos

O 3º Passeio Ciclístico da Udesc Ibirama busca estimular o uso da bicicleta como meio de locomoção, além de destacar os benefícios dessa prática para a saúde e o ambiente. O evento também pretende chamar a atenção para o fato de que muitas viagens motorizadas dentro da cidade poderiam ser feitas a pé ou de bicicleta, melhorando assim a qualidade de vida.

Fonte: Com informações de Rodrigo Brüning Schmitt/Comunicação da Udesc

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade