publicidade

Rio do Sul Futsal treina de olho no Caça e Tiro


Goleiro Marcão dá susto, mas deve participar da partida. Vaé é dúvida


Escrito em 03/04/2014


Na manhã desta quinta-feira a equipe do Rio do Sul Futsal/FMD realizou o penúltimo treino antes da partida diante do Caça e Tiro/Honolulu/FME. A atividade ocorreu em duas etapas. Primeiro os atletas realizaram um trabalho especifico na academia sob o comando do preparador Jeberton Fermino e depois foram para a quadra com o técnico Egídio da Rosa Beckhauser.

Para o duelo deste sábado (5), às 20h30, no ginásio Jones Minosso em Lages, o treinador rio-sulense tem dúvidas. O ala Vaé Paranhos com dores do tornozelo ainda não tem presença confirmada. Já o goleiro Marcão, após choque no treino de quarta-feira, chegou a ter suspeita de fratura na canela esquerda. Em exame, porém não foi constatado nada de grave e o jogador deve estar à disposição de Beckhauser.

Quem está de volta ao time é o fixo Pablo. O jogador cumpriu as duas partidas de suspensão impostas pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-SC) e está liberado para jogar. Já o ala Preá, que veio do futsal do Cazaquistão, ainda aguarda a regularização na Confederação Brasileira de Futsal. Nesta sexta-feira, das 10h às 12h, a equipe realiza a última atividade antes do confronto. A viagem para o Planalto Serrano está agendada para às 16h de sábado.

Fonte: Texto de Daniel dos Santos/Redação EAV

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade