publicidade

Dia 27 tem a 1ª edição do Troféu Amigo da Fesporte


Evento visa homenagear personalidades que prestaram importantes serviços para o desenvolvimento do esporte catarinense


Escrito em 24/10/2014


A Fesporte, além de mola propulsora do esporte catarinense através dos mais de 200 eventos ao longo do ano, tem uma importante função institucional de render justa homenagem, em vida, a personalidades do esporte que prestaram de alguma forma importantes serviços para o desenvolvimento do esporte catarinense ao longo de suas trajetórias.

É baseado nesta premissa que uma iniciativa do presidente Marcelo Kowalski vai realizar a primeira edição do "Prêmio Amigo da Fesporte", no próximo dia 27 de outubro, às 20h, na sede da Fundação (Rua Comendador José Ricardo Nunes, nº 79, Bairro Capoeiras - Florianópolis).

"É preciso reverenciar sempre que possível a história virtuosa do nosso esporte, e uma forma de fazer isso é homenagear personalidades que tiveram papel relevante neste processo. E são muitos os nomes que poderiam estar nesta primeira lista, certamente muitos estarão nas próximas", disse o presidente da Fesporte, Marcelo Kowalski.

Foram selecionados para esta primeira edição seis pessoas que se encaixam no perfil. Um deles será homenageado pelo presidente da Fesporte, e como "patrono da primeira turma", premiará os demais. A intenção é que a honraria seja anual, entregue sempre às vésperas dos Jogos Abertos de Santa Catarina e que contemple todas as regiões de Santa Catarina. Além disso, uma outra personalidade ainda será homenageada com uma menção honrosa. O nome só será revelado no dia da cerimônia.

Os homenageados da primeira edição:

Roberto Alves (patrono da 1ª turma) - Jornalista de forte ligação com Florianópolis, tem o nome diretamente ligado à história dos Jogos Abertos ao longo dos anos. Ainda hoje, trata-se de um entusiasta do esporte amador nos meios de comunicação.

Pedro Segalotto, o Pedruca - Conhecido como "o campeão de tudo" na Bocha. Jogou por Chapecó e Quilombo e é considerado um dos maiores nomes da modalidade em Santa Catarina e no Brasil.

Valmor Buss - Ex-jogador de basquete, muitas vezes campeão dos JASC, que se destacou como técnico de vôlei em Blumenau e criou times supercampeões nos anos 80. Foi um dos descobridores, entre tantos talentos, de Ana Moser.

Milton Della Giustina - Grande nome do ciclismo catarinense, idealizador de competições por todo o Estado.

Luis Carlos Gonzaga Barbosa, o Kalu - Desportista radicado em Lages, de imensa contribuição ao esporte catarinense: entre outros feitos, foi um dos idealizadores dos Joguinhos Abertos de SC, que este ano teve sua 27ª edição.

Joel Ferreira, o Maceió - Jornalista que por muitos anos divulgou e incentivou o esporte amador em suas colunas no Jornal A Notícia. Considerado um dos maiores fomentadores dos JASC na imprensa catarinense.

Fonte: Rodrigo Braga/Imprensa Fesporte

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade