publicidade

Mais um atleta na justiça contra o Moitas


O valor da ação é de R$ 30 mil


Escrito em 16/02/2013


O não pagamento de salários fez com que mais um jogador que defendia o Moitas, entrasse na justiça com uma ação trabalhista contra a Prefeitura de Ituporanga e a Fundação Fexponace.

Este é o terceiro atleta que tenta buscar seus direitos na justiça. Segundo eles, que não tiveram os nomes revelados, a administração anterior não efetuou o pagamento do salário referente aos meses de novembro e dezembro, período em que os profissionais defendiam a equipe.

O valor da ação é de R$ 30 mil.

Fonte: Texto com informações de Fabiano Amaral/Imprensa Prefeitura de Ituporanga

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade