publicidade

Catarinense-PG continua no Regional da LRF


Equipe perdeu pontos e atleta, considerado irregular, foi excluído


Escrito em 07/07/2016


Saiu a decisão. Nesta quinta-feira (7), a Comissão Disciplinar da Liga Riosulense de Futebol divulgou o resultado do julgamento do caso envolvendo a equipe do Catarinense, de Presidente Getúlio. O clube perdeu os pontos da vitória diante da Associação Boa Vista, mas seguirá na competição. Já o atleta Fabiano Vanderlinde está excluído do torneio.

A Comissão Disciplinar desqualificou o pedido de impugnação da equipe da Associação Boa Vista, ao se referir a artigo de regulamento da Federação Catarinense de Futebol (FCF), que impede o pedido de impugnação quando a denúncia é referente a escalação irregular de atleta.

Assim, a comissão julgou o Catarinense e o atleta pelo artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que afirma:  “Incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente”.

A utilização da nota de produtor rural, como comprovante de trabalho, não foi aceita pelos representantes da Comissão Disciplinar para comprovar atividade em Presidente Getúlio. Assim, como o atleta tem emprego fixo em Rio do Sul, foi decidida pela seguinte punição, de acordo com CBJD: “perda do número máximo de pontos atribuídos a uma vitória no regulamento da competição, independentemente do resultado”.

Com a punição de 3 pontos, o Catarinense está com 0 ponto na classificação. Já a Associação Boa Vista, que teve o pedido de impugnação desqualificado, fica sem os pontos da partida.

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade