publicidade

Floripa Ichiban é o 1º campeão Estadual de Beisebol


Competição foi realizada no feriado de 7 de setembro em Jaraguá do Sul


Escrito em 08/09/2016


De origem japonesa, a palavra ‘ichiban’ significa ‘o primeiro’. Coincidência do destino ou não, a primeira equipe a se sagrar campeã catarinense de beisebol foi o Floripa Ichiban. Promovida pela Liga Catarinense de Beisebol (LCB), a competição pioneira se desenrolou durante todo o feriado, dia 7 de setembro, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul. No total, foram realizados seis jogos, atraindo a atenção de um bom público durante todo o dia.

A campanha do Ichiban foi marcada por três vitórias e apenas três corridas cedidas. No jogo de estreia, triunfo de virada por 12 a 3 sobre o Joinville Royals. Na segunda exibição, os representantes da Capital anotaram 13 corridas contra nenhuma do Brusque Brewers. Na final, contra os paranaenses do Curitiba Lapwings, uma vitória incontestável por 7 a 0.

Na segunda colocação ficou com o Curitiba Lapwings, com duas vitórias e uma derrota. Com um triunfo e dois tropeços, o Joinville Royals terminou na terceira colocação. Em quarto lugar, sem vitórias, ficou o Brusque Brewers, equipe que iniciou há poucos meses na modalidade. “O nosso objetivo era ganhar experiência e deu certo. Absorvemos o ritmo de jogo que necessitamos”, ponderou Paulo Colzani, atleta e dirigente da equipe brusquense.



“O campeonato foi realmente muito bom, porque tivemos a oportunidade de conhecer times que não conhecíamos, integrar mais as equipes de Santa Catarina e ter a presença de torcida, que foi muito calorosa”, afirmou Augusto Monteiro, o Romero, catcher e dirigente da equipe florianopolitana, que tem tradição no softbol, modalidade irmã do beisebol.

Além do troféu de campeão, o Floripa Ichiban garantiu vaga no Campeonato Sul-Brasileiro e teve o jogador mais valioso do campeonato, ou MVP, Everton Ken Tomita. Ainda se falando nas premiações individuais, o Curitiba Lapwings teve o arremessador Lauro eleito o melhor da competição. No Joinville Royals o destaque foi para Kato, eleito o melhor rebatedor. E o Brusque Bewers elegeu o melhor roubador de bases, Dênis.

Diferente dos jogos da Major League Baseball (MLB), principal competição da modalidade no Mundo, as partidas do 1º Campeonato Catarinense de Beisebol não foram disputadas em nove entradas (mini-jogos), mas por tempo, com duração de 1h15 cada. “Observamos no andamento do evento que algumas coisas ficam faltando. Com relação a arbitragem, tivemos alguns problemas, mas serve de exemplo para os próximos campeonatos”, analisou Tiago Borges, do Joinville Royals, integrante da comissão organizadora.



“O que a gente espera, o que a gente quer mesmo, é que essa divulgação, todo esse movimento, propicie o surgimento de novos. Que quebrem a cara, como a gente quebrou no começo, mas que vençam os obstáculos, como fizemos”, informou Romero, comentando sobre a nova equipe que surgiu em Blumenau. “O campeonato foi fantástico. Só a possibilidade de você mostrar o esporte para a comunidade para mim é tudo de bom. Sou um apaixonado pelo beisebol”, concluiu Borges.

O 1º Campeonato Catarinense de Beisebol foi uma promoção da Liga Catarinense de Beisebol (LCB), com os apoios do Grêmio Esportivo Juventus, do Jack American Bar (de Jaraguá do Sul), da Loja Arena Sports (de Timbó), da Ganho Máximo Suplementos Alimentares (de Brusque) e da Agência Sporto.

Resultados:
Brusque Brewers 0x10 Curitiba Lapwings
Floripa Ichiban 12x3 Joinville Royals
Floripa Ichiban 13x0 Brusque Brewers
Joinville Royals 5x6 Curitiba Lapwings
Brusque Brewers 7x11 Joinville Royals
Floripa Ichiban 7x0 Curitiba Lapwings

Fonte: Henrique Porto/Agência Sporto

Veja as fotos:

© Henrique Porto (Agência Sporto)

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade