publicidade

Unificação das faixas etárias de atletas de Futsal em SC em prol da formação nas categorias de base


por: Gestão e Profissionalismo no Esporte em 02/08/2014


Daniel Junior e André Siqueira – Categorias de Base Krona Futsal

A formação de atletas em Santa Catarina em termos de competições, em especial o futsal, é executada por meio de campeonatos tutelados pela Federação Catarinense de Futsal (FCFS), pela FESPORTE, e pelas ligas regionais ou campeonatos privados com equipes formadas por clubes, municípios ou escolas.

As competições realizadas pela FESPORTE tem o cerne de desenvolvimento da formação atlética, e por si só humana  e social da criança e do adolescente, o esporte escolar tendo dessa forma os municípios como mantenedores financeiros e estruturais das modalidades e tem como eventos os Jogos da Juventude Catarinense (OLESC) e os Joguinhos Abertos de Santa Catarina com idade máxima de 16 e 18 anos respectivamente.

As competições tuteladas pela FCFS tem como participantes os clubes que a este filiam-se com o intuito de desenvolver atletas em sua complexidade, física-técnica-tática-emocional afim de integrá-los às suas equipes adultas ou a outras, possibilitando a estes jovens atletas a manutenção de sua carreira esportiva,  por meio da estratificação de idades, o que a este cabe sub-17 e sub-20.

A celeuma: em conversa com inúmeros treinadores, professores e gestores dos municípios participantes dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, os quais em sua grande maioria disputam ambas competições da FESPORTE com apoio total das verbas municipais e outros que apoiados por empresas privadas necessitam do apoio público como parte integrante das receitas para manutenção de suas equipes, em relação ao futsal urge a necessidade de alterar as idades das competições tuteladas pela entidade estadual e desta forma, em parte, unificando as faixas etárias da FCFS, sendo a OLESC disputada até 17 anos e os Joguinhos Abertos de Santa Catarina com 19 anos de idade.

Atualmente, parte em virtude da divergência etária, a maioria dos atletas são oriundos das escolas formativas dos municípios ou com grande parcela de auxílio destes aos clubes que participam das competições da FCFS. Desta forma, a categoria sub-17 é partilhada em duas (sub-16 (OLESC) + sub-17), quando há possibilidade da manutenção dos atletas mais velhos; e a categoria sub-20 dividida em (sub-18(Joguinhos) +sub17).

Em termos esportivos, a unificação das idades das maiores competições do Estado de Santa Catarina para o futsal de jovens atletas, promoveriam maior número de jogos disputados por cada atleta acima de 15 (fator preponderante na formação esportiva), manutenção de projetos esportivos municipais em médio e longo prazo (até 4 anos no mínimo),  maior participação de equipes no campeonato catarinense sub-20 como preparatório para os Joguinhos Abertos de Santa Catarina e melhor preparação de atletas para as categorias adultas com capacidade de atuar em equipes de alto rendimento do Estado.



Por Daniel Junior, 33 anos, formado em Educação Física e Pós Graduando em Psicologia do Esporte, Daniel atuou como atleta até 2005. Depois, como auxiliar técnico, foi campeão da Superliga e Vice-campeão da Liga Nacional por Unisul e Ulbra. Já em 2008 foi analista de jogo e estatístico da Seleção Brasileira de Futsal em 2007 (Jogos Pan-Americanos) e em 2008 (Mundial de Futsal). A partir de 2009 iniciou a carreira como treinador e em por dois anos (2010 e 2011) teve uma passagem marcante pelo Alto Vale. Em Ibirama, Junior alcançou com o elenco o título de campeão da Liga Sul e da Primeira Divisão dos Jogos Abertos de Santa Catarina. Atualmente, é o treinador da equipe de Mafra que disputará a Primeira Divisão de 2013. Colunista do EAV desde abril/2013.

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade