publicidade

Sem julgamentos para um campeonato aberto


É tanta notícia que a gente até se perde. Mas já chegamos na metade da temporada da MLB


por: Go Sports em 14/07/2017


Pausa para o pitaco não pedido e parece-me permitido. O site Esporte Alto Vale passou por um novo redesenho e ficou nada menos que lindão! Parabéns ao Daniel dos Santos e a todos que contribuem com esta construção de um belo canal de informações do Alto Vale.

Ah, e adianto que eu realmente lamento pela falta no final das temporadas da NHL e da NBA. Mas vamos em frente!

Viram o jogo das estrelas do baseball? Foi bem bacana a competição que agora não vale mais como critério para mando de jogo da World Series. Antes, a divisão que ganhasse o jogo das estrelas, garantia a preferência de quatro jogos na final do campeonato. Isso é muito, valendo-se de um jogo festivo. Equipes sabiam da importância de levar a partida a sério, até demais. E o resultado foi um magro, mas bem bojudo, jogo decidido na décima entrada e vencido pela liga Nacional por 2 a 1.

Mas o maior barato foi, de novo, o Home Run Derby. Sejamos justos que dois atletas do time da casa, o Miami Marlins, fez com que o estádio viesse junto nas disputas. Mas foi um massacre de Aaron Judge dos Yankees. Como bate firme esse sujeito de dois metros de altura e que completa agora em agosto o primeiro ano na MLB. Olha o futuro de nossos comentários aí.

Com a temporada exatamente no meio, a definição do melhor time, por enquanto, fica dividida ao Houston Astros e ao Los Angeles Dodgers. Com o maior número de vitórias até o momento, as duas equipes vem fazendo fila contra os adversários. Os Dodgers, por exemplo, chegaram a ter sequências de 10 vitórias e nenhuma vitória. E olha que se jogam 162 partidas na temporada regular!

O atual campeão, Chicago Cubs, vem se reerguendo depois de um início ruim. E tudo muito indefinido na divisão leste da liga Americana, com o Boston Red Sox na liderança e os Yankees logo atrás. Essa divisão que tem ainda o Toronto Blue Jays, sempre brigador, mas último na classificação, deve ser uma das mais disputadas até o fim da temporada regular.

Uma leitura de MVP

A melhor notícia da semana passada foi a contagem regressiva para o lançamento de um livro de Tom Brady mexeu com muita gente. Apegados à literatura esportiva, podem se preparar para ter quase nada sobre a trajetória no New England Patriots, mas sim sobre processo de liderança, e como ele atinge o ápice da carreira aos 40 anos de idade. Brady é um “garoto perfeito” no assunto alimentação e disciplina de exercícios. E isso pode ser muito interessante para quem quer descobrir alguns segredos do famoso “marido de Gisele”.
   

Clóvis Eduardo Cuco é amante de esportes na televisão. As vezes sobe na arquibancada, mas apenas como jornalista, sua profissão e hobby. E toda a semana escreve sobre os esportes americanos na coluna "GO SPORTS"

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade