publicidade

SESI nunca esteve interditado, segundo o TJ


Tribunal publica nota oficial onde afirma que local precisa de reparos, mas pode sediar jogos


Escrito em 30/01/2014


O Tribunal de Justiça de Santa Catarina divulgou no início da tarde desta quinta-feira uma nota oficial onde afirma que o Complexo Esportivo do SESI nunca esteve interditado. Assim, o duelo entre Brusque e Atlético de Ibirama poderia ter ocorrido normalmente e o duelo entre Metropolitano e Joinville não precisaria ter sido transferido para Itajaí.

Segundo o TJ, existe a necessidade de adequações, que se não cumpridas podem acarretar, aí sim, numa oficial interdição (abaixo a nota completa). Mesmo com a novidade no caso, o duelo entre Metrô e JEC será realizado no estádio Hercílio Luz, em Itajaí.

>> Nota oficial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina:

O Tribunal de Justiça vem a público esclarecer que a decisão do desembargador Gaspar Rubick, ao confirmar liminar do juízo da comarca de Blumenau, em ação civil pública promovida pelo Ministério Público em busca da regularização das dependências do Complexo Esportivo do Sesi, naquela cidade, envolve a obrigatoriedade daquela entidade em promover as adequações apontadas como necessárias em laudos anteriormente emitidos pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros.

Eventual descumprimento de prazos ou mesmo insurgência contra tal desiderato poderá acarretar multas e até mesmo a interdição física do estabelecimento esportivo, conforme consta na decisão da Justiça de 1º grau. Embora o Sesi tenha interposto agravo de instrumento no TJ com pedido de liberação de seu estádio, para poder negociar sua cessão ao Clube Atlético Metropolitano, não havia e não há – até este momento - comando judicial que determine a interdição do estádio (Agravo de Instrumento n. 2013.064421-1).

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade