publicidade

Atlético-Ib tenta primeira vitória fora de casa


Após empate na Baixada, equipe quer pontuar longe do torcedor


Escrito em 12/02/2014


O atacante Adriano, um dos ídolos da torcida do Atlético, pode ser o substituto de Brasão na partida desta quarta-feira, às 19h30, diante da Chapecoense na Arena Condá. Essa deverá será a única alteração que o técnico Giovani Nunes fará em relação ao time que empatou com o Figueirense em 1 a 1, no último domingo. O meia Marcelinho continua vetado pelo Departamento Médico e nem viajou para Chapecó.

O goleiro Nei que já cumpriu os quatro jogos da punição aplicada pelo Tribunal de Justiça Desportiva, pela expulsão na final da Divisão de Acesso, fica no banco porque Maicon no momento é o titular. Quem também vai estar à disposição pela primeira vez é o atacante Edinho, jogador revelado nas divisões de base do Joinville.

Mesmo jogando fora de casa, Nunes vai manter o mesmo esquema tático dos dois últimos jogos, mas com dois volantes, no caso Venna e Brenno. Como a característica de Adriano é diferente de Brasão, que para marcar, a missão será de Matheus Guerreiro. “Não podemos facilitar na marcação porque o time deles é muito qualificado”. Mesmo considerando a Chapecoense como favorita, o técnico atleticano considera o empate um resultado importante às pretensões de se classificar para o quadrangular final do campeonato. “Seria o primeiro dos três que precisamos buscar fora de casa, dentro da nossa projeção inicial”.



O goleiro Maicon ganhou a confiança do treinador, principalmente depois do pênalti que defendeu aos 48min da segunda etapa, na partida com o Figueirense. “O nosso torcedor até então não tinha muita confiança nele porque estava acostumado com o Márcio e mais recentemente o Paulo Sérgio”, observou Nunes. É a primeira vez que Maicon joga no futebol catarinense. Ele tem 23 anos e 1,90m de altura. Os dois últimos clubes foram o Veranópolis (RS) e o Santo Ângelo (RS).

O time que o técnico Giovani Nunes mandará a campo é: Maicon; Gesiel, Jajá, Claiton e Cappa; Venna, Brenno, Rodrigo Couto e Cristian; Adriano e Matheus Guerreiro. No banco ficam Nei, Jefferson, Cléber, Thiago Couto, Lucas, Leandrinho, Marquinhos, Matozinho e Edinho.



Com informações de Orlando Pereira/Imprensa CAHA

Veja as fotos:

Adriano pode aparecer no ataque (Foto: Orlando Pereira/CAHA)

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade