publicidade

Adriano marca e salva o Atlético do rebaixamento


Jogo termina em confusão e com presidente da FCF agredido


Escrito em 12/04/2014


Foi sofrido! Com um gol de Adriano de pênalti aos 33min do segundo tempo, o Atlético de Ibirama venceu o Marcílio Dias por 1 a 0 na tarde deste sábado (12). Com o resultado, o time do Alto Vale escapou do rebaixamento para a Série B do Campeonato Catarinense. Após o gol, a partida foi paralisada devido à saída da ambulância para atender uma ocorrência. Em seguida, o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim de Pádua Peixoto Filho, tentou deixar o estádio e foi agredido por um torcedor que em seguida foi preso. Depois de 40min de paralisação, o jogo recomeçou, mas o placar não mudou.

A orientação do técnico Sílvio Criciúma era para que os jogadores não se preocupassem com o resultado entre Brusque e Juventus, até mesmo porque o Atlético dependia apenas de si. Ele manteve o mesmo esquema usado nas partidas anteriores, com Marcelo Quilder tento mais liberdade para jogar pela ala, com André Gava articulando o meio de campo com Rodrigo Couto. O Marcílio que ainda tinha chances de conquistar o hexagonal desde que não houvesse vencedor na partida entre Chapecoense e Avaí. A melhor chance da equipe Grená na fase inicial foi com Adriano, aos 19min, que acertou a trave.



Na etapa complementar o Marcílio voltou melhor, mas aos poucos o Atlético consegue equilibrar as ações. Com a necessidade de vencer até mesmo porque o Brusque ganhava do Juventus, Matheus Guerreiro e Cristian entraram para as saídas de Marcelo Quilder e André Gava. Aos 32 Adriano entrou na área e foi derrubado por Toninho. O árbitro Willian Machado Steffen deu pênalti, muito contestado pelos jogadores do time de Itajaí e ainda expulsou o defensor. O próprio Adriano foi encarregado da cobrança e marcou o seu 54º gol em partidas oficiais, vestindo a camisa atleticana. Depois se sucederam as confusões fora de campo. O presidente da FCF foi agredido quando saída de carro do estacionamento. A ambulância saiu para atender uma ocorrência, o que revoltou a torcida.
 
MARCÍLIO DIAS (0)
Rodolpho; André Luiz (Thoni), Diego Bispo, Toninho e Márcio Careca; Xipote, Carlinhos Santos, Léo Franco, Harison (Tauã) (Gustavo), Anderson Lopes e Schwenck. Técnico: Guilherme Macuglia.

ATLÉTICO/IB (1)
Ney; Gesiel, Lucas, Thiago Couto e Cappa; Kássio, Rodrigo Couto, André Gava (Cristian) e Marcelo Quilder (Matheus Guerreiro); Adriano, Edinho (Brenno). Técnico: Silvio Criciúma.

Gol: Adriano aos 33min, no 2º tempo.
Árbitro: Willian Machado Steffen. Assistentes: Alex dos Santos e Johnnt Barros de Oliveira.
Cartões amarelos: André Luiz (MD); Toninho (MD); Thiago Couto (A).
Cartões vermelhos: Toninho (MD); e Carlinhos Santos (MD).
Local: Estádio Hercílio Luz, em Itajaí, no sábado à tarde.


Fonte: Texto com informações de Orlando Pereira/Assessoria de Imprensa CAHA

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade