publicidade

Rio-sulenses conquistam sete medalhas no Catarinense de Atletismo


Milena Jaqueline Sens e Alana Amorim foram as atletas destaques com duas medalhas cada


Escrito em 03/05/2021


A equipe de atletismo de Rio do Sul se destacou no final de semana ao conquistar sete medalhas na etapa única do Campeonato Catarinense de Atletismo adulto. O evento foi realizado em Timbó, no Complexo Esportivo, somando marcas para o ranking estadual e nacional. 

Milena Jaqueline Sens e Alana Amorim foram as atletas destaques com duas medalhas. Na prova do arremesso do peso, Milena que é atual recordista dos Jogos Abertos ratificou novamente sua marca, ao conquistar a medalha de ouro com 16,70 metros. No lançamento do disco veio uma prata, com a marca de 42,16 metros. Já Alana Amorim conquistou o ouro nos 200 metros rasos, com o tempo de 25s65. Nos 100 metros rasos veio o bronze com o tempo de 12s42. 

Ainda nas provas de lançamentos e arremessos, Felipe Lorenzon foi campeão com lançamento de 49,78 metros. Essa foi a primeira prova do atleta em Santa Catarina após competir em São Paulo por várias temporadas. Nessa mesma prova, Luis Henrique Schneider foi o terceiro colocado com a marca de 47,62 metros. 

Ainda nos lançamentos e arremessos, Vinicius Avancini competiu no arremesso do peso pela primeira vez no adulto terminando na oitava colocação, com a marca de 13,63, sua melhor marca pessoal. Já no lançamento do disco, marca de 42,95 metros, terminando na sexta colocação. Gustavo Marques terminou em sexto no arremesso do peso, também com sua melhor marca pessoal e no lançamento do disco terminou com a nona colocação. 

“Foram ótimos os resultados considerando que foi o primeiro evento adulto do Estado, com todos nossos atletas do adulto praticamente no pódio e o Vini Avancini que é nossa revelação tendo um desempenho muito bom. Agora é continuar ajustando alguns detalhes nos treinos”, comentou o técnico de Rio do Sul das provas de lançamento e arremesso, João Marcos Misfeld.

Já pelas provas de pista, Vini Klein, líder do ranking brasileiro sub-18 no salto triplo foi bem e conquistou a medalha de prata, com a marca de 14,14 metros. Já Gabriel Manarin no salto em distância conquistou a marca de 5,27 metros não classificando para a final, e terminando o salto triplo com a sexta colocação. 

“Nas provas de pista, levamos um grupo muito novo e nosso desempenho foi além do esperado. Ainda precisamos melhorar em alguns aspectos técnicos, especialmente visando os principais eventos da temporada”, falou o técnico das provas de pista e saltos, Jeferson Bagatoli.

Fonte: Arthur Hoffmann/Assessoria de Imprensa da FMD

Veja as fotos:

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade