publicidade

FMD Rio do Sul e Unidavi assinam termo de parceria


Novidade vai beneficiar atletas e alunos das instituições, por meio de projetos de pesquisa e aulas práticas


Escrito em 06/05/2021


Representantes da Fundação Municipal de Desportos (FMD) Rio do Sul e o curso de fisioterapia do Centro Universitário para o Desenvolvimento para o Alto Vale do Itajaí (Unidavi) assinaram nesta quarta-feira (5) um termo de parceria que vai beneficiar atletas e alunos das instituições, por meio de projetos de pesquisa e aulas práticas.

A parceria com o curso de fisioterapia terá como principal objetivo o ensino prático aos acadêmicos, que compreenderão conceitos de diversas realidades que existem no meio esportivo, desde lesões até correção de movimentos. As atividades estão inseridas dentro de matérias ofertadas no curso, com atendimentos e orientações sendo realizadas duas vezes por semana pelos professores da Unidavi.

Neste primeiro momento, serão dois grupos de atletas da equipe de atletismo inseridos em duas matérias diferentes. Conforme o diretor executivo da FMD, Jeberton Fermino, outros projetos de pesquisa com o curso ainda devem ser realizados em outras áreas do meio esportivo, já que há uma infinidade de temáticas que a fisioterapia pode abordar. Para ele, a parceria ajuda a desenvolver a carreira dos atletas, além de fortalecer o conhecimento dos acadêmicos.

 “Estamos contentes com esse momento e com os projetos futuros. Há muitos temas que podem ser trabalhados e muitos dados que podemos extrair informações para desenvolver ações, tanto na área do esporte de rendimento, como também na área social”, comentou.

Ao lado do reitor da Unidavi, professor Alcir Teixeira, o prefeito José Thomé ressaltou que a Unidavi tem sido uma grande parceria da Prefeitura na realização de diversos projetos importantes, na área da Saúde e em outros projetos desenvolvidos em parcerias com cursos da instituição.

“Essa aproximação e esse diálogo é muito fértil para o meio acadêmico e para a Prefeitura, quem ganha são os envolvidos com essas ações, especialmente por envolver muita parte prática. Essa união com a universidade ajuda os alunos e é o caminho para conseguirmos desenvolver melhores políticas públicas”, comentou.

Fonte: Arthur Hoffmann/Imprensa FMD Rio do Sul

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade