publicidade

Na reta final, Rio do Sul enfrenta o São Bernardo


Em nono lugar, equipe quer vencer para manter chances de conquistar “título” da Superliga


Escrito em 02/03/2015


Restam quatro jogos na Superliga Feminina para o time Rio do Sul/Equibrasil. E a única equipe do Sul do país na competição nacional quer fazer o possível para terminar o campeonato como campeã. Não que seja possível alcançar as primeiras colocações na tabela, mas pelo trabalho que vem sendo desenvolvido, resultados e condições da equipe, o nono lugar ainda é comparado ao título da Superliga pelo técnico Spencer Lee.

O treinador mineiro que está em sua primeira temporada em Rio do Sul sabe que o nono lugar é a posição mais vitoriosa para se alcançar nesta edição da Superliga. “Analisamos o plantel das outras equipes, o poder de investimento de nossos adversários, vemos que o nono lugar seria uma conquista incrível”. E um passo para este feito pode ser dado nesta terça-feira (3), em jogo contra o São Bernardo/Vôlei em São Bernardo do Campo (SP), a partir das 19h. Rio do Sul/Equibrasil é o nono colocado com 18 pontos conquistados enquanto o adversário de amanhã é o décimo, dois pontos atrás.

“Todo jogo serve como uma decisão. Se podemos ficar em nono lugar, vamos em busca disso. Se ao passar da rodada, cairmos de posição, não há problema. Vamos lutar para voltar. E se nos aproximarmos do oitavo colocado, essa é outra situação que vamos analisar com muito cuidado. Não vamos planejar voos altos. Vamos trabalhar a nossa condição, o nosso campeonato em particular e conquistar o nosso título”, salientou o treinador.

Existe uma possibilidade de Rio do Sul/Equibrasil alcançar o oitavo colocado na Superliga, vaga que pertence ao São Cristóvão Saúde/São Caetano, que tem cinco pontos a mais do que Rio do Sul. Ambos os times tem jogos competitivos nas próximas rodadas e inclusive um confronto direto. “Sinceramente, nossa comissão técnica e as meninas querem aproveitar cada jogo como sendo único e especial. Estamos muito focados e sabemos como ainda será difícil se manter em nono lugar. Vamos trabalhar firmes por isso”, disse Spencer.

>> Mais no Esporte Alto Vale:
- Rio do Sul sofre, mas vence o Uniara em casa;
- Classificação Parcial da Superliga 2014/15;


E para crescer na competição e se isolar no nono lugar, Rio do Sul terá que vencer o adversário direto nesta terça-feira. O São Bernardo joga em casa no ginásio Adib Moyes Dib, e também quer fazer bonito diante da torcida. Se as catarinenses quiserem a vitória, precisam prestar atenção no passe, como avalia a central Camila Paracatú. “No jogo passado contra o Uniara, ficamos devendo, principalmente nos primeiros sets. Aos poucos, ganhamos confiança e melhoramos. Mas se queremos vencer fora de casa, precisamos nos superar”, comentou a jogadora.

Jogo contra Brasília será na sexta-feira

A próxima partida em casa do time Rio do Sul/Equibrasil na Superliga Feminina será na sexta-feira (6), às 20h15, contra o Brasília Vôlei (DF). Os ingressos para este jogo estarão a venda a partir desta terça-feira, em pontos de venda espalhados pela cidade. Na hora da partida, o preço da entrada é o mesmo. O time visitante é comandado pelo técnico Sérgio Negrão e possui no plantel a campeã olímpica Paula Pequeno.

Rio do Sul/Equibrasil x Brasília Vôlei
Sexta-feira (6) – 20h15

Ginásio Artenir Werner – Rio do Sul
Ingressos antecipados ou na bilheteria na hora do jogo: R$ 15.

Pontos de venda de ingressos:

Fundação Municipal de Desportos
Vida Ativa
Nikel Sports
Lourival Esportes
Tempus Esportes
Posto Dom Bosco - Mime
Farma Heinz
Ralfissa Sorvetes
Açougue Scoz

Fonte: Clóvis Eduardo Cuco/Assessoria Rio do Sul/Equibrasil

PUBLICIDADE

Publicidade
Publicidade
Publicidade